sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Caçada ao imóvel

Parte da semana passada e dessa, vivemos a expectativa de acharmos um imóvel para morarmos de forma mais definitiva, ou seja, pelo próximo 1 ano.
Essa busca é cansativa. E por causa do frio e de eventuais surpresas que possam surgir, acabamos nos retendo às proximidades de onde já estamos, que é um bairro muito bom e perto do metrô.
Acho que é uma fase de revelações para quem é brasileiro, e aqui falarei pelo ponto de vista paulista da coisa, porque sempre morei no estado de SP, pode ser que outras regiões tenham suas peculiaridades e eu não as conheça, desculpe!

1. Resolvemos fazer a caça pelo Kijiji.ca ver o que encontrávamos e separar os que interessavam pelas fotos, preços e localização. Obs 1: Não avaliamos nada que não tivesse foto ou que só tivesse foto externa, porque decidimos não está mostrado, algo têm a ser escondido;
2. Procuramos imóveis 3 e meio e 4 e meio, acima disso achei que seria demais e o preço aumentaria muito. Obs.2: inicialmente, pensei no 3 e meio  e sonhava com o 4 e meio, depois acaba-se vendo que, as vezes, o preço não é tão diferente e que seria ótimo ter um quarto extra :);
3. Uma exigência inicial minha era poder ter lavadora e secadora própria, assim estava procurando anúncios de imóvel com entrada para ambas. Obs. 3: Muito difícil!!! Até encontramos, mas detestei o apto! Assim, achei melhor experimentar o esquema "comunitário" e ver no que vai dar. Daí lidamos com outro problema: há buanderie e aquilo que acham que serve ser chamado de buanderie. Lavanderias com mais de uma lavadora e secadora, outras só com um par delas, outras horrorosas, escuras, abafadas (parece que estou entrando na lavanderia do capeta), outras em que o acesso é só por escada (maioria) e daí a gente tem que lembrar dos lances infelizes que a gente vai ter que subir e descer...;
4. Cheiro. É isso mesmo: CHEIROOOOOOOOOOOOO, ODORRRRRRRR. Em vários prédios a gente abre a porta e vem um odor estranho, acho que é de umidade com aquecimento, sei lá, dá vontade sair correndo, levar um "bom ar" na bolsa, preparada para odorizar. Não peguei nenhum apto fedido, mas prédio...Mas também entramos em prédios sem cheiro e até cheirosos, assim, concluí que tudo é uma questão de quem mora, quem cuida e de idade do prédio, muito mais das 2 primeiras do que da último!
5. Quando visitamos os prédios, a grande maioria não tem elevador!!! O preço do condomínio já está no aluguel, então, muito provavelmente, se pagará mais caro por um prédio com elevador, é o preço da comodidade. Tudo bem, muito prédios tem 4, 5 andares, mas tem uns com uma escada tão íngreme! Preste atenção no assoalho também, rangem, tudo range. Geralmente, preço maior, rangimento menor;
6. Tinha esquecido de citar os banheiro e, eventualmente, cozinhas. Os prédios, parecem ter 100 anos, até ai tudo bem, mas, a hora que se vai ver o banheiro, parece que tem 200, mantendo a cerâmica da época do meu  bisavô, com aquele design "maravilhoso" e cor démodé!!! A cozinha, com uma frequência menor, também parece que nunca sofreu uma reforma, além de ser, às vezes, pintada. Eu sou uma pessoa que adora cozinhar e dá muito valor à cozinha, precisa de uma boa para ser feliz e se sentir em casa. Obs: não fomos ver nenhum imóvel com cozinha americana, acho sacanagem o sofá sofrendo com a minha fritura, meu tapete com cheiro de peixe. Muitas vezes, a cozinha é uma extensão da sala, na qual, nem sempre, mudam o piso de madeira para piso frio. Sem nem uma balcãozinho pra separar :( ;
7. Os imóveis que gostamos ultrapassaram o valor que pretendíamos inicialmente, concluímos, que se você que morar num prédio com uma acústica melhor e num bairro melhor e perto de metrô, também vai pagar por isso, mas vai valer a pena, sobretudo pela acústica, que já está me tirando o sono de preocupação.

Ainda não fechamos nada, devemos estar efetuando isso nos próximos dias, se Deus quiser!!!! Oh coisa  trabalhosa e cansativa!
Mais uma observação; encontramos todo tipo de locatário: que quer depósito e fiador com histórico de créditos, outro que quer 6 meses de depósito, e outros que não exigem depósito nenhum; isso é bem dinâmico! Fiquei meio surpresa porque em dois imóveis bons, não precisávamos nem de depósito, só pagar o mês adiantado e pronto, então, não é tão impossível alugar algo sem histórico e sem muita grana pra deixar de depósito.

Quando isso tiver passado e se arranjado eu conto o desenrolar.

Au revoir!

12 comentários:

  1. o kijiji é uma boa ferramenta. Mas uma que é muito eficaz tb é a caça a pé. Sair zanzando pelas ruas do bairro escolhido e ver as plaquinhas. Ha MUITOS aptos bons que nao sao anunciados.
    :-)
    E se for escolher uma linha de metro, opte pela verde ou a laranja.

    Em 2007 morei perto da estacao Beaubien, um local muito legal (alugava um quarto com tudo incluido)

    Em 2008 mudei par casa do namorado, perto do metro Cadillac (e hoje em dia ha muitos brasileiros por la)

    Em 2009 morei num excelente 3 e meio na rua Sherbrooke (tem que ir no prédio para ver, o escritorio de locaçao é no proprio imovel) quase ao lado da St.Laurent e perto de 3 metros (uma caminhadinha). Lavanderia no ultimo andar, varias maquinas, piscina, sauna, sala de ginastica e um congierge muito gente boa

    Em 2010 fui pro interior (Abitibi-Témiscamingue), o paraiso!

    Em 2011 morei em Ile de Soeurs, mais longe, mas um bairro belissimo! O transporte publico é adequado nos levando para 2 metros. Prédio nos mesmos moldes do da rua Sherbrooke, com comodidades e um bom serviço de concierge.

    e agora estou na capital ...

    acho que tenho uma veia cigana que habita em mim rs .....

    em todos os imoveis eu nao precisei pagar adiantado, mas sempre fizeram pesquisa de crédito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vc já andou hein!!!:)
      Então, agora, vc está em Ville de Québec, amoooooo!!!Todos os dias aqui, penso como seria estar ai.
      Nossa preocupação maior foi quanto ao frio e daí tb a dependência só de ônibus, já que não tem metrô, e também o fato de ser muito mais francófona que Montreal. Eu sou mais francês, mas, meu marido é fluente em inglês e, achamos que aqui seria mais fácil ele encontrar um trabalho sendo, ainda, deficiente em francês. Como é morar ai?
      Já alugamos nossa casa, mas nos mudaremos em abril, qdo os atuais moradores já terão saído. Fica próxima a Av, Monkland.
      Abraços!!! Natália.

      Excluir
    2. aqui é gostoso demais, mais tranquilo que Montréal, sem duvida. Onde moro (Montcalm) os onibus sao perfeitos, passam a toda hora. Estou a pé do vieux Québec e do parque das Plaines.
      Ano que vem ainda ficamos aqui, mas em 2015 é rumo *région*, de novo!
      :-)
      viajar é preciso rs

      Excluir
    3. ah, e por aqui adoram cozinha integrada na sala, é o que chamam *cuisine à aire ouverte*

      Excluir
  2. Esta busca deve ser muito cansativa. Prédio fedido? Ai, ai.

    ResponderExcluir
  3. Eita, eita! Essa parte me preocupa bastaaaaante... Eu já decidi que vou morar um pouquinho mais longe para poder ter um tiquinho mais de conforto, como entrée laveuse-secheuse dentro do apê... Mas que triste isso da cozinha, eu também preciso de uma boa para ser feliz!

    Bem, de qualquer jeito, o primeiro ano passa rápido, talvez o apê de agora não seja o melhor, mas em breve vocês terão condições de pagar por um bacaninha!

    Bonne chance!
    Lidia.

    ResponderExcluir
  4. Bonjour!! Obrigada pela visita no blog!!!

    Essa caminhada aqui e assim mesmo, um dia de cada vez e um passo de cada vez. Mas nao se engane, quando a gente "pisca" ja se foram tres anos!!!

    Bonne chance!!!
    Dani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!!!Não vejo a hora de dar essa piscada:)

      Excluir
  5. Ô moça, que bom que esta gostando de Montréal e do inverno!!

    Realmente esta procura de aps. é desgastante, lembro que rodamos muito quando chegamos aqui, e as impressoes eram bem essas que vocë descreve, um cheiro horrivel, um horror as lavanderias coletivas, uma dificuldade para marcar de ver o ap. os aps que eram melhorzinhos a preços fora da realidade, donos querendo exigir tudo e mais um pouco...
    Mas com o tempo, e depois de ganhar um bronzeado que nunca tinhamos tido antes, e perder uns quilos que nem queriamos, acabamos conhecendo mais e descobrindo que dava sim, para ter o que queriamos (e que achavamos que mereciamos) por o preço que achavamos justo.
    Tem que fazer como o chaves, nao prie cânico (nossa, isso revela idade!!)
    Enfim, boa sorte para que a procura nao se extenda ainda por muito tempo, e que continuem apreciando tudo de bom que esse lugar tem.


    bjocas
    Erika
    PS : Nao tö conseguindo acentuar direito, deu tilt no meu firefox!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida a procura terminou e encontramos algo legal, por um preço, que parece ser justo, por causa do tamanho, conservação e localização. Mudaremos em abril.
      Beijoooooooooooooooo

      Excluir
    2. Eeeee, parabéns! Que a felicidade reine no novo lar, na nova vida!!

      bjocas
      Erika

      Excluir